Alimentação

Alimentos que ajudam a aliviar o estresse!

Com a rotina cheia de compromissos, quase nunca conseguimos dormir as oito horas diárias recomendadas, não é? E é muito comum que, essa correria toda, atrapalhe nossa digestão e até dê um empurrão na má alimentação.

Quando estamos em situação de estresse, nosso estômago aumenta a produção de ácidos que auxiliam no processo digestivo. Por isso, alguns distúrbios gástricos podem aparecer.

Já falamos sobre o processo de mastigação aqui, mas podemos repetir: a digestão começa na boca. 🙂 Então capriche na hora de mastigar os alimentos e cuide para não engolir pedaços grandes de comida. Isso só prejudica nosso aparelho digestivo, que tem que trabalhar mais para quebrar as moléculas que não foram devidamente trituradas.

Fazer lanches gordurosos por conta de reuniões, também são péssimas escolhas para uma boa digestão. Você pode sentir seu estômago inchado e sensações desagradáveis.

Para evitar mal-estar por causa da digestão, o ideal é adotar hábitos alimentares saudáveis e manter um horário para suas alimentações. 😉 É muito importante que você encontre um momento de tranquilidade para fazer suas refeições.

Cinco alimentos que ajudam a aliviar o estresse:

Alface: os talos são riquíssimos em lactucina e lactupicrina, que são “calmantes” naturais.

Carne, peixe e iogurte: esses alimentos contém vitamina B12, que promove o desenvolvimento adequado das células nervosas, evitando a ansiedade. 🙂

Laranja: auxilia no funcionamento do sistema nervoso, além de ajudar a combater o estresse. Ela é rica em vitamina C, que ajuda a inibir a liberação de cortisol, principal hormônio relacionado ao estresse no corpo.

Trigo: possui trimetilglicina, uma substância que ajuda a melhorar a energia, o bem-estar e a concentração.

Peixes e frutos do mar: contêm zinco e selênio, nutrientes que agem diretamente no cérebro diminuindo o cansaço e a ansiedade.

Relembrando: praticar atividades físicas aliada a uma boa alimentação, também pode fazer toda a diferença! 😉

Fonte: Zero Hora.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *