Alimentação, Saúde

Refrigerante, um vilão que deve ser evitado

Refrigerante, um vilão que deve ser evitado

Em 2004, o Brasil era o terceiro maior produtor de refrigerantes ficando atrás dos Estados Unidos e do México, segundo a Beverage Marketing Corporation. O crescimento da produção dessa bebida está diretamente relacionado com o aumento do consumo pelos brasileiros. De acordo com a Pesquisa de Orçamentos Familiares realizada pelo IBGE, o refrigerante está na frente de produtos como a banana, laranja, carne, leite integral e peixes.

Vamos conhecer mais sobre esse alimento que é cada vez mais constante nas refeições.

Refrigerante, um vilão que deve ser evitado

– Ele é rico em sódio?
Não. O refrigerante tem um valor bem baixo de sódio, nada que cause algum dano à nossa saúde.

– É verdade que o refrigerante enfraquece os ossos?
Sim. Especialmente aqueles à base de cola concentram uma grande quantidade de ácido fosfórico, que se liga ao cálcio, podendo enfraquecer os ossos e até causar o aparecimento da osteoporose.

– É certo consumir refrigerante durante a refeição?
Não. Beber refrigerante durante a refeição prejudica a digestão, pois dilata o estômago. Para evitar esse problema, beba apenas um copo pequeno (200 ml) com as refeições.

– O gás da bebida atrapalha a perda de peso?
Sim. Ele cria uma falsa sensação de saciedade, assim a fome aparece mais rapidamente. Isso pode levá-la a comer mais durante o dia e, portanto, um aumento de peso.

– As versões diet, light e zero estão liberadas na dieta?
Não. O consumo frequente de refrigerante pode provocar flatulência e agravar casos de gastrite. Além de que, a cafeína está presente nos refrigerantes à base de cola e pode causar sintomas como irritabilidade, ansiedade, dor de cabeça, entre outros.

Lembre-se: uma alimentação adequada para perder ou manter o peso deve conter frutas, verduras, cereais integrais e deixar de lado alimentos ricos em açúcar, como é o caso do refrigerante.

Agora que você já sabe muita coisa sobre o vilão que está na sua mesa, está pronta para ir ao supermercado e passar longe desse setor 😉

Fonte: Minha Vida

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *